Pelo Mundo – Roma

Quando eu tinha 16 anos e estava de férias na escola fiz uma das coisas mais legais que já fiz nessa vida: viajar pra fora do país. O primeiro lugar que conheci que não era em terra tupiniquim foi Roma e é sobre a capital italiana que eu vou falar aqui.

Roma é a maior e mais populosa cidade da Itália e a quarta cidade mais populosa da União Européia, além disso, como muitas cidades na Europa é uma mistura do passado e do presente. Com mais de dois mil anos de história, andar pelas ruas de Roma é andar pela história e é também um deleite para os olhos. Reuni então algumas coisas que você precisa saber antes de viajar!

coliseum-1600-939-wallpaper

http://wallpaperus.org/

Coliseu: Passeio clássico para quem vai a cidade, o Coliseu foi construído originalmente como anfiteatro entre 60 e 70 d.C e foi usado por aproximadamente 400 anos, mas depois abrigou outro diversos eventos. A fila para entrar no Coliseu é sempre grande, ainda mais quando se visita a cidade em alta temporada. Existe a opção de comprar os ingressos online e evitar horas no sol na bilheteria. Quando eu fui não cheguei a entrar, só olhar de fora, mas numa próxima não deixo de olhar por dentro de jeito nenhum!

Fontana-di-Trevi-Anita-Ekberg

– Fontana Di Trevi: é a fonte mais famosa da cidade e um dos pontos que mais atraí os turistas. Federico Fellini, um dos maiores cineastas italiano (senão o maior), gravou uma cena iconica de seu filme “A Doce Vida” (La Dolce Vita, 1960) lá. Na cena a atriz Anita Ekberg convida Marcello Mastroianni para entrar com ela na Fontana di Trevi. Quando Mastroianni morreu em 1996, as pessoas foram até o local prestar homenagem ao ator.

– Piazza del Popolo (ou a Praça do Povo em português): no centro da praça é localizado um obelisco de 36 metros de altura e duas igrejas gêmeas. Suas muralhas dão ao norte da cidade antiga. É também um local cheio de turistas e reunindo pessoas de todas etnia. Para chegar lá é só pegar o metro e descer na estação Spagna. A Fonte de Netuno, localizada na praça também aparece no filme A Doce Vida.

praça-de-são-pedro-no-vaticano-roma-itália

http://www.freewallsource.com

– Vaticano: considerado o menor país do mundo, o Vaticano é localizado dentro da cidade de Roma. Lá podem ser visitadas a Basílica de São Pedro, museus e outros lugares. A segurança para colocar os pés lá dentro é enorme, mas ser turista é ter que muitas vezes enfrentar filas e esperar. Se você pretende ir visitar o Vaticano – e não fazer uma visita inesperada como eu, – se vista adequadamente: mulheres não podem entrar com os joelhos e os ombros de fora dentro da Basílica de São Pedro e não importa o calor que esteja fazendo na rua, os seguranças vão te barrar de qualquer jeito.

– Igrejas, igrejas e mais igrejas: a religião predominante na Itália e o cristianismo, ou seja, a cidade é cheia de igrejas. Ficar entrando nelas pode ser um passeio bem legal, tendo em vista que elas provavelmente são mais antigas que nosso país e devem ter muita história.

– Andar de ônibus: na cidade os ônibus não tem cobradores, o que faz com que você mesmo tenha que marcar o seu bilhete e guardá-lo durante a viagem. Caso alguém queira dar uma de malandro e andar sem pagar e sem bilhete e for pego por um fiscal terá que pagar uma multa bem salgada. Antes de viajar pesquise bem sobre isso para não pagar mico na hora.

– Língua Italiana: precisamos primeiramente entender que ninguém tem a obrigação de falar língua nenhuma, ou seja, é legal e bom ir pra Itália sabendo pelo menos meia dúzia de palavras.

Quando pensamos em números e toda a história do universo, o Brasil ainda é um bebê com pouco mais de 500 anos. Poder estar em cidades como Roma é estar em lugares que passaram por muitas transformações, que foram cenários de momentos históricos e muito importantes.

Facebook * Twitter * Instagram  * Youtube

Nat